SLZMA

Informação e Entretenimento

PLANOS-GIF-HORIZONTAL

PF deve investigar quadrilha por recebimento irregular de benefício do Seguro-Defeso em São José de Ribamar e Paço do Lumiar

Uma quadrilha suspeita de fraudar o seguro-defeso está deverá ser investigada nos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar.

De acordo com os primeiros levantamentos policiais, o esquema funciona da seguinte forma. Um intermediário responsável por cooptar pessoas, pega os documentos pessoais de cidadãos e os fazem se passar por pescadores. No primeiro passo ainda é cobrado uma taxa de cada pessoa, que varia entre R$ 50 e R$ 150 reais.

No esquema, que garante R$ 5 mil reais a cada pessoa, a quadrilha fica com R$ 3 mil e titular dos documentos, com a menor parte, R$ 2 mil reais.

Estão sendo levantados os dados inicialmente, dois advogados, e intermediários, que se apresentam como lideranças comunitárias e presidentes de Associações.

A policia já identificou dois homens e uma mulher responsável por receber documentos para fraudes, principalmente de pessoas com pouca instrução ou analfabetos nos bairros Pindaí, Rio São João, Nova Terra, Ubatuba, Quinta, Matinha e Vila Sarney, em São José de Ribamar, e na Vila São José, em Paço do Lumiar.

Enquadrado no Art. 171, a fraude na obtenção de seguro-defeso pode resultar em prisão de até 8 anos para quem entregou os documentos a quadrilha e recebeu o recurso ilegal.

SLZMA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo