SLZMA

Informação e Entretenimento

PF leva vereador Beto Castro em condução coercitiva para prestar esclarecimentos sobre as eleições deste ano

Ajeitei o texto

Beto Castro é conduzido coercitivamente para depor em investigação do TRE-MA

O vereador Beto Castro foi conduzido coercitivamente por um agente federal, nesta quinta-feira, 15, quando se encontrava na Câmara Municipal de São Luís.

Apurou O INFORMANTE que a condução coercitiva de Beto Castro foi feita para que ele depusesse numa investigação que está sendo feita pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) sobre recursos destinados a obras e/ou eventos durante a última campanha. Os recursos teriam sido destinados a obras e/ou eventos durante a última campanha. Esses recursos Os teriam sido passado a vereadores via institutos.
Como já havia sido intimado outras vezes e não tinha comparecido, Beto Castro foi conduzido coercitivamente para depor e prestar esclarecimentos na Justiça Eleitoral.

A denúncia teria sido feita pelo ex-candidato a governador Weverton Rocha contra a campanha do então candidato ao Palácio dos Leões, Carlos Brandão. Recentemente, inclusive, Weverton teria manifestado a intenção de retirar essa ação.

Com informações do O Informante

SLZMA

Deixe um comentário

Voltar ao topo