SLZMA

Informação e Entretenimento

Nove anos sem Décio Sá e apenas dois dos acusados foram julgados e condenados

Nove anos sem a opinião do Jornalista Décio Sá. Na última sexta-feira(23), completou nove anos que o mistério da morte precoce do Jornalista e Blogueiro continua sem desfecho, pouco para uma década, apenas duas pessoas foram julgadas e condenadas pelo crime brutal,  Jhonatan de Souza Silva, que confessou o assassinato e o responsável em dar a fuga ao assassino assim que executou a vítima, Marcos Bruno de Oliveira, eles fugiram em uma motocicleta.

O crime

Décio Sá foi morto na noite do dia 23 de abril de 2012, em um bar na Avenida Litorânea, em São Luís, amigos próximos, familiares e colegas de trabalho ainda sentem a revolta, do caso que continua caminhando a passos bem lentos e sem conclusão.

Outros envolvidos e aguardam julgamento em Liberdade:

José de Alencar Miranda, pai de Gláucio Alencar (suspeitos de serem os mandantes do crime) Júnior Bolinha, Fábio Aurélio do Lago e Silva, (bochecha), o capitão da Polícia Militar do Maranhão, Fábio Aurélio Saraiva Silva, (Fábio Capita), Welquer Farias Velosos e ainda policiais civis que não tiveram os nomes revelados pela investigação.

SLZMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo