SLZMA

Informação e Entretenimento

TCU aponta que deputado federal Junior Lourenço (PL) está inelegível para disputar as eleições deste ano

O Tribunal de Contas União informou na quarta-feira (10), que 617 nomes estão inelegíveis no Maranhão. Dentre eles, está o deputado federal Júnior Lourenço (PL), que já registrou sua candidatura no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, mas deve sofrer a impugnação e o consequente indeferimento. De acordo com órgão de fiscalização, a condenação do parlamentar ocorreu em 16 de fevereiro de 2022, portanto ele está inelegível até 2030.

IMG_20220811_132904

Na documentação do TCU, Júnior Lourenço foi condenado por deixar de prestar contas dos recursos repassados ao Município de Miranda do Norte à conta do Programa Dinheiro Direto na Escola – Plano de Desenvolvimento da Escola – PDDE-PDE/2010 e Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar – PNATE/2015.

O processo foi aberto em 2018 e somente em 2022 foi concluído, por conta disso, Júnior Lourenço pode concorrer a última eleição, quando foi eleito com mais de 117 mil votos, terminando entre os cincos mais bem votados do Maranhão.

Cotado como um dos favoritos em 2022 para reeleição, Júnior Lourenço deve ficar fora da disputa eleitoral, o que pode representar um desfalque importante na nominata do PL, que conta com outros pesos-pesados como Josimar de Maranhãozinho, Detinha, Paulo Marinho Júnior e Pastor Gil. Vale lembrar que recentemente, o partido perdeu Roberto Rocha Júnior, que desistiu da disputa para não atrapalhar a campanha do seu pai, o senador Roberto Rocha (PTB).

O espaço fica aberto para manifestação do deputado federal Júnior Lourenço, assim como também qualquer informação sobre a substituição do seu nome para a disputa eleitoral.

A lista completa dos inelegíveis pode ser acessada aqui

 

Informações Diego Emir

SLZMA

Deixe um comentário

Voltar ao topo