SLZMA

Informação e Entretenimento

672x150

Relembre os 5 maiores barracos que marcaram a política na Câmara Municipal de São Luís em 2023, incluindo o nível de transparência, um dos piores

No ano de 2023, a Câmara Municipal foi palco de diversas polêmicas que capturaram a atenção da população e da mídia protagonizadas por alguns dos seus integrantes. Vamos relembrar cinco desses momentos que deixaram uma marca indelével que foram desde casos de abuso sexual, estupro de vulnerável, ameaça de morte e desvio de emendas. O SlzMa selecionou algumas dissidências mais marcantes no ano de 2023, relembre:

Suposta Audiência pública: Logo no começo da legislatura, em 2023, em 30 de janeiro, começou com uma farsa. Uma suposta “audiência pública”, para discutir o projeto de Plano Diretor, porém não houve divulgação adequada do evento, que interessa diretamente mais de um milhão de pessoas. A tímida convocação, 72 horas antes, entre uma sexta e uma segunda-feira. Além disso, na audiência quase secreta, com uma participação reduzidíssima de pessoas, o projeto que seria debatido não apareceu.

Denúncias de assédio sexual e ameaça de morte: Outro ponto que chegou ao extremo, no começo do ano, a Polícia Civil abriu um inquérito para investigar denúncias de assédio praticadas pelo vereador de São Luís, Domingos Paz (Podemos), de 49 anos. Ao menos seis pessoas alegam ter sido vítimas do político, uma delas, é uma adolescente de 14 anos.  Uma liminar da Justiça decidiu trancar um dos inquéritos contra o vereador, pois a suposta vítima ao completar maioridade perdeu o prazo de fazer a denúncia e que, por isso, houve decadência, ou seja, o suposto crime caducou. Porém outro caso veio a tona. Outro fato que mexeu com as estrutura do Palácio Pedro Neiva de Santana, foi o boletim de ocorrência registrado pela Procuradoria Geral da Câmara Municipal. A procuradora geral, Jessica Thereza Marques Ribeiro Araújo, registrou o caso no 1º Distrito Policial,  onde Domingos teria ameaçado matar dois colegas de Parlamento e, em seguida, tirar a própria vida.

Escândalo de Corrupção: Um dos pontos mais impactantes do ano foi à revelação de um escândalo de corrupção que envolveu membros proeminentes da Câmara Municipal. O Ministério Público do Estado do Maranhão, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), que deflagrou a operação “Véu de Maquiavel” no dia 10 de agosto, onde foram alvos da operação quatro vereadores com mandados de busca e apreensão.

Confronto Físico em Plenário: Em uma cena que surpreendeu a todos, um desentendimento verbal que por pouco não se transformou em um confronto físico no plenário da Câmara no dia 24 de outubro. O tumulto entre dois vereadores Álvaro Pires (PSDB) e Domingos Paz (Podemos) protagonizaram uma cena lamentável interrompeu a sessão e exigiu a intervenção de seguranças para restaurar a ordem. Esse incidente gerou indignação na população, que esperava um comportamento mais civilizado de seus representantes.

Nível de transparência é um dos piores do Estado: Este ano o TCE/MA divulgou o nível de desempenho de transparência das Prefeituras e Câmeras do MA, para se ter uma ideia, o nível de transparência da Camera de São Luís, por exemplo, é um dos piores do Estado, ocupando apenas o 183º lugar no ranking do TCE/MA, com nota de 3,89 e índice reprovável de C-. Veja (confira a relação completa aqui)

Portanto, a população precisa ficar em alerta para esses vereadores e renovar o parlamento na próxima legislatura para evitar a continuidade desses episódios condenáveis.

SLZMA

Voltar ao topo