SLZMA

Informação e Entretenimento

Pré-candidatos ao Palácio dos Leões em 2022 entram em clima de campanha eleitoral

Os maranhenses só irão às urnas para escolher o próximo a sentar na cadeira do Palácio do Leões em outubro do ano que vem, mas as movimentações de pré-candidatos está a todo vapor. Os pré-candidatos Carlos Brandão(PSDB), Werverton (PDT), Josimar de Maranhaozinho (PL) e Edvaldo Holanda Jr (sem partido) polarizam o embate antecipado.

A pouco mais de um ano da corrida a governador, o clima de campanha eleitoral já percorre o estado, com intensa movimentação de pré-candidatos e das forças políticas que vão participar do pleito. Mesmo com muito chão pela frente, a largada foi dada antes do apito oficial, e resta saber quem terá a energia necessária para cruzar a linha de chegada na frente. Em nenhum outro momento, desde os primórdios da redemocratização, a disputa rumo ao palácio começou tão cedo.

O vice governador Carlos Brandão (PSDB), que já foi testado assumindo o cargo como titular do palácio por 15 dias em janeiro desse ano, foi reprovado, pois não conseguiu se quer sair do lugar e quando saiu bateu.

O Senador Werverton Rocha (PDT), vem se articulando nos bastidores, tentando agregar o maior números de aliados ao seu lado, porém a corrida dele tem um limite, depois que a Polícia Federal,  recebeu o inquérito para investiga-lo a pedido da Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão (PRE-MA) onde aponta possíveis ilícitos que o Senador teria obtido para uso próprio ou de terceiros documento falso para fins eleitorais, (reveja o caso). E a moral onde fica? desse jeito com problemas um atrás do outro e envolvimentos com inúmeros escândalos, se continuar assim desse jeito vai ficando mais queimado do que pau de assar castanha.

Aparece, mais não nas pesquisas também Josimar de Maranhãozinho (PL), que em seus ajuntamentos e lives sempre reafirma que será candidato mais ninguém acredita. Há rumores que seja uma estratégia para conseguir mais articulação em seu grupo a ponto de sair com vantagens no pleito com maior número de aliados. Maranhãozinho que diz ter hoje cerca de 40 prefeitos eleitos com o seu apoio.

Mas só para relembrar que Josimar também foi alvo da PF, em dezembro do ano passado, o que coloca seu projeto de concorrer a cargo de governador na corda bamba. Na investigação apontam indícios de esquema de corrupção. A PF investiga o desvio de cerca de R$ 15 milhões da saúde, e ainda cerca de R$ 2 milhões que foram encontrados no escritório de Maranhãozinho, em entrevistas o parlamentar disse que toda ação, faz parte da perseguição política de adversários.

Nessa corrida ao governo também entra o ex-prefeito Edivaldo Holanda Jr, que teve uma administração desastrosa, mesmo assim, até agora, o único no momento com chances de alavancar. Edvaldo que deixou a prefeitura com inúmeras obras pela metade, vem querendo galgar espaço na sucessão Estadual, poderá mudar os rumos das eleições e atrair uma militância orgânica, ele que faz parte do meio evangélico sai com uma vantagem se aproximando também desse eleitorado conservador.

Aguarde os próximos capítulos…

SLZMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo