SLZMA

Informação e Entretenimento

Levantamento do TCE aponta a Prefeitura e a Câmara Municipal de Cajari como uma das menos transparentes do Maranhão

O TCE-MA, confirmou o que todos já sabiam que a prefeitura de Cajari e a Câmara Municipal é uma das menos transparentes do estado do Maranhão. Foi assim que apontou o relatório do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão No último dia 24. O portal da transparência da administração do prefeito Constancio Souza, recebeu a nota 6.88, Classificação “C” e a Câmara que tem como presidente o José Serra, aliado do prefeito obteve a nota mais baixa ainda com 4.98 a pior nota dada aos portais de transparências.

A análise realizada pelo TCE-MA refere-se ao primeiro semestre de 2023 e avalia os portais de transparência dos municípios sob sua jurisdição. O resultado evidencia que Cajari enfrenta problemas significativos no que diz respeito à transparência na gestão pública, o que pode gerar preocupação entre os cidadãos locais.

O ranking da Transparência é um instrumento importante para medir a qualidade da disponibilização de informações por parte dos órgãos públicos, permitindo que os cidadãos tenham acesso a dados relevantes e possam acompanhar de perto as ações dos governantes.

De acordo com os dados divulgados pelo TCE-MA, a administração municipal e o poder legislativo municipal obteve a pior avaliação em comparação com outros municípios do estado. O baixíssimo índice demonstra que normas pertinentes à transparência não estão sendo cumpridas pelo chefe do Executivo Municipal e nem o pelo legislativo.

A falta de transparência na gestão pública pode suscitar dúvidas sobre a utilização dos recursos do município, bem como sobre a eficiência das ações governamentais em atender às necessidades da população.

A divulgação desse resultado desperta a necessidade de que medidas sejam tomadas para corrigir a situação e aprimorar a transparência na gestão de Cajari. É imprescindível que o poder público adote medidas para tornar as informações mais acessíveis e compreensíveis à população, garantindo assim maior controle social e fortalecendo a participação democrática.

Confira o relatório

Clique AQUI

SLZMA

Voltar ao topo