SLZMA

Informação e Entretenimento

Denúncia dos moradores de Palmeirândia sobre uso da máquina pública em Invasão de terra privada coloca secretário municipal e irmão do Prefeito na mira do MP

Em Palmeirândia, uma situação preocupante está ocorrendo: o irmão do prefeito, chamado “Seu Di”, que é o Secretário Municipal de Transporte, segundo denúncias deu permissão para que equipamentos da prefeitura fossem usados para invadir terras privada de pessoas mais humildes. “Santinho”, um ex-mototaxista, é o principal responsável pelas invasões.

A conduta administrativa chamou a atenção do Ministério Público do Estado do Maranhão (MPMA). A denúncia em questão refere-se a possíveis irregularidades no que diz respeito ao uso irregular da maquina publica. Alega-se também a ocorrência de um suposto ato de improbidade administrativa.

IMG-20230818-WA0715

Segundo informações na segunda-feira (14), por volta das 9h da manhã, “Santinho”, usando uma pá carregadeira da Prefeitura de Palmeirândia e com a ajuda de um motorista também empregado pelo município, derrubou cercas de arame e tomou posse de terras privadas. Não é a primeira vez que “Santinho” age assim. Ele já tinha tomado terrenos de duas mulheres, uma ex-gestora escolar e uma funcionária do Tribunal de Justiça. Mesmo com decisões judiciais que favorecem as vítimas, ele e seus parentes se recusam a sair das propriedades invadidas.

Moradores da região contam que os familiares e amigos de “Santinho”, embora já tenham suas próprias casas, estão construindo em terras que ele invade e depois repassam. Uma das propriedades já foi alvo de “Santinho” três vezes. Apesar de o dono ter feito boletins de ocorrência nas duas primeiras vezes, a polícia não agiu por falta de recursos. Na última invasão, a cerca foi novamente destruída, mas desta vez com equipamento público.

“Seus parentes e amigos mesmo sendo donos de varias casas no município, constroem casas nas propriedades invadidas que recebem de Santinho”, afirma um morador da localidade.

Do outro lado, o proprietário também pontuou o terror que vem vivenciando com essa situação que já se tornou corriqueira.

É a terceira vez que Santinho invade o mesmo terreno”, diz um dos proprietários. “Nas duas primeiras tentativas foi registrado o boletim de ocorrência, mas não intimaram ele e nem marcaram audiência por falta de delegado ou viatura. Na segunda vez que ele entrou lá, arrancou todo o arames, estacas e levou consigo enquanto o dono ficou no prejuizo. “Refiz a cerca comprando materias e contratando trabalhadores e agora ele usou uma máquina pública adquirida com recursos públicos nossos para quebrar a cerca, invadir e se apropriar indevidamente do meu terreno”, afirmou um dos proprietários do terreno.

Segundo denúncias este é apenas mais um capítulo das crescentes invasões de terras em Palmeirândia, agora com aparente apoio de agentes públicos e políticos. A boa notícia é que as autoridades já foram informadas e estão tomando medidas para resolver a situação.

Diante dessa situação, o Ministério Público tomou uma medida significativa. Considerando as investigações em curso até o presente momento, foi determinada a abertura de um Procedimento Administrativo. Esse procedimento visa um acompanhamento regular e criterioso da matéria em questão.

SLZMA

Voltar ao topo